Entrevista | Luiza McAllister

Monotipia: Fale sobre sua formação, enquanto artista visual.

Luiza McAllister: Eu, Luiza, não sou formada! Sou autodidata, tentei fazer faculdade de Publicidade (durou 2 anos) e Design (durou um período) mas, ao ver que não tinha absolutamente nada a ver com o que eu gostaria de trabalhar, acabei optando por estudar sozinha mesmo e focar nas minhas dificuldades como ilustradora para poder ingressar no mercado de trabalho.

Thiago Lehmann é formado em Design (Comunicação Visual) pela PUC-RJ. Também estudou bastante por conta própria sobre ilustração.

Monotipia: Quais influências, no que se refere a movimentos e/ou artistas, você identifica no seu trabalho?

Luiza McAllister: Nós nunca focamos nossas influências ou artistas específicos para não ficar com traço super parecido de ninguém. Gostamos de experimentar novos estilos, mesclando nossa arte na maioria dos trabalhos, estamos sempre nos inspirando em jogos, filmes e artistas que produzem artes bem diferentes das nossas, bem gráficas.

 

Monotipia: Há alguma predileção no que se refere a formatos e materiais?

Luiza McAllister: Arte digital! É mais livre para experimentação em cores e texturas sem precisar de um grande espaço ou investimento. Mas sempre mantemos os sketchbooks próximos, mas nunca serve como arte final.

Monotipia: Conte sobre a dinâmica de produção dos seus trabalhos.

Luiza McAllister: Nós trabalhamos em dupla! Normalmente o Thiago faz o sketch e concept inicial de cada trabalho e eu parto para as cores e finalização. Um sempre dirige o outro então em todas as etapas do trabalho tem a visão dos dois.

 

Monotipia: Quais costumam ser suas preocupações gráficas, no que concerne à construção de um ritmo visual, em seus trabalhos?

Luiza McAllister: Em cada trabalho nós focamos um objeto de estudo específico, seja luz, finalização diferente, ângulos, texturas. Nossa intenção é sempre melhorar o nosso trabalho a cada nova arte!

Monotipia: Conte-nos sobre seus trabalhos autorais.

Luiza McAllister: Desde a criação do 2Minds, sempre tiramos um tempo para nossas criações autorais e, na maioria das vezes, acabamos fazendo projetos que envolvem nosso público de seguidores. Nos últimos dois anos nós trabalhamos no nosso primeiro quadrinho, a Plumba (que atingiu sua meta esta semana no Catarse!), onde misturamos a linguagem de jogos com a narrativa de HQ. Além disso, fazemos stream três vezes por semana para interagir e criar junto com o nosso público, além de trabalhas bastante em colaboração com outros artistas para bater papo sobre nossa área.

 

Monotipia: O que você tem produzido para além deles?

Luiza McAllister: Nós trabalhamos muito com jogos para fora do país e ilustrações para editoras brasileiras, focadas em livros didáticos.

Monotipia: Por que pensar a imagem?

Luiza McAllister: Imagem é a nossa melhor forma de comunicação! Onde podemos materializar o imaginário de formas diferentes e sem preocupação.

 

Monotipia: O que você tem lido ultimamente?

Luiza McAllister: Atualmente estamos lendo poucos livros, a maioria tem sido quadrinhos produzidos por brasileiros de maneira independente como nós estamos fazendo.

Anúncios

Comente.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s