HITOMI

Em seu terceiro ano consecutivo com livros finalistas no Prêmio Jabuti, com Lobisomem sem Barba, segundo colocado em 2015, e Carnaval de meus demônios, indicado em 2016 – ambos na categoria ilustração, agora Hitomi, (junho de 2016) é finalista na recém-criada categoria Histórias em Quadrinhos.

Com roteiro assinado por Ricardo Hirsch e arte de George Schall (desenhos e cores), o livro conta a história da menina Hitomi. Trata-se de uma garotinha curiosa que mora em uma pequena vila no interior do Japão, em meados da década de 80. Seu pai está constantemente viajando, e a relação dela com a mãe é complicada.

A vida de tédio e desapontamentos dessa menina de oito anos está prestes a mudar. Em um sótão até então desconhecido, Hitomi encontra uma máquina fotográfica com propriedades especiais que a levarão a uma grande aventura em uma jornada de autoconhecimento. Dessa forma, a independente Hitomi passa a explorar o mundo de uma maneira diferente, conhecendo novas figuras, descobrindo sua expressão artística e aprendendo a lidar com problemas, emoções e dilemas intensos.

A obra é inspirada em clássicas narrativas orientais, em quadrinhos, animações e filmes, em uma trama bem engendrada e divinamente ilustrada. O resultado é uma publicação universal e tocante que vai cativar quem colocar os olhos nela.

 

Ricardo Hirsch

Nascido em 1988, pisciano e apaixonado pelo curioso universo infantil, Ricardo acredita que crianças merecem mais respeito. Sempre quis trabalhar este tema de forma madura e lúdica, como os autores que admira: Roald Dahl, Hayao Miyazaki, Terry Pratchett e Jim Henson.

Hitomi é sua primeira graphic novel publicada. Com formação em cinema, atua como videomaker freelancer desde 2009. Trabalhando primariamente com eventos e documentários, se identifica com o olhar de Hitomi, observando a vida alheia por detrás das lentes.

 

George Schall

Nascido em 1986, George Schall desenha personagens e balões de fala desde que consegue recordar. Tem como heróis autores como Neil Gaiman, Carla Speed McNeil, Warren Ellis e Hayao Myiazaki. Acredita que a morte faz parte da vida, que começos, meios e fins são uma coisa só e que a morte é um assunto tratado de forma mais pesarosa do que deveria, aqui no ocidente. Por essa razão, decidiu embarcar com Ricardo nas páginas de Hitomi.

Seus trabalhos podem ser vistos também nas graphic novels Sabor Brasilis e Moschitto e nas antologias In The Dark, Schmuck, Dark Horse Presents, Inkshot e MSP Novos 50.

 

A Balão Editorial estreou em janeiro de 2010 com o livro de tirinhas Hector & Afonso – Os Passarinhos e de lá para cá foram diversos títulos dos mais variados gêneros, de quadrinhos a literatura e acadêmicos da área de ciências humanas. Também possui uma linha exclusiva de ebooks.

 

Finalista na categoria "Histórias em Quadrinhos" do Prêmio Jabuti - clique aqui para comprar

Anúncios

Comente.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s